Select Page

A Câmara de Santos aprovou na última sessão em segunda e última discussão, projeto de lei criando benefícios aos familiares de Guardas Municipais GM, mortos durante o exercício de suas funções. De autoria do vereador e líder do PSDB Ademir Pestana, a lei instituindo a “promoção post mortem” também se aplica aos casos de invalidez permanente.

Segundo o parlamentar, a GM de Santos mantém contato direto com a população, prestando todo tipo de auxílio, além de zelar pela manutenção e segurança de áreas públicas e do patrimônio público municipal.

Presente em unidades de ensino, Prefeitura e Câmara Municipal, praias e demais logradouros públicos, realiza também ronda ostensiva durante 24hs, contribuindo, ainda, para a prevenção e inibição da violência e criminalidade. “Eles se arriscam diariamente em benefício da população”, justifica.

Para Ademir, o objetivo da lei é reconhecer e valorizar a atuação dos dedicados servidores que colocam em risco as suas vidas no exercício da profissão. É dessa forma que a lei pretende proporcionar às famílias desses servidores um pouco mais de conforto material, visto que a vida não se pode recuperar.